All for Joomla All for Webmasters
NOVEMBRO AZUL E OS CUIDADOS COM A SAÚDE DO HOMEM
16 Nov
Em 17 de novembro é comemorado o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata. A Campanha Novembro Azul intensifica neste mês a prevenção e o tratamento da saúde do homem, em especial contra o câncer de próstata. 
O câncer de próstata é o câncer mais comum e a segunda maior causa de morte por câncer nos homens. Conforme informações da Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 1.201.619 novos casos e 335.643 óbitos são previstos no mundo pela doença, o que corresponde ao aumento em relação ao ano de 2012 de 9,7% e 9,2%, respectivamente.
No Brasil, a estimativa para este ano é de 61.200 casos novos e cerca de 13.772 óbitos (Segundo tumor que mais mata os homens. O primeiro é o câncer de pulmão). É o câncer mais comum no Brasil (excluindo-se os cânceres de pele) e representa cerca de 4 em cada 10 cânceres que atingem a população masculina brasileira com mais de 50 anos de idade.
Segundo o oncologista, coordenador do Serviço de Oncologia do Hospital das Clínicas da UFMG e diretor clínico da Personal – Oncologia de Precisão e Personalizada, André Márcio Murad, os principais indicadores de um estágio avançado do câncer de próstata são os problemas para urinar, sensação de que a bexiga não se esvazia completamente e sangue na urina. Dores ósseas, principalmente nas costas, sugerem a presença de metástases, fase em que a doença já é incurável. “O diagnóstico sempre deve ser obtido antes que os sintomas surjam, para que o tratamento tenha altas chances de cura”, explica.
A MÁ ALIMENTAÇÃO, A OBESIDADE E O SEDENTARISMO SÃO OS PRINCIPAIS VILÕES
Vários estudos sugerem que maus hábitos alimentares, como uma dieta rica em gordura e proteína de origem animal, alimentos industrializados, enlatados, adocicados e embutidos artificialmente conservados elevam os índices de substâncias potencialmente cancerígenas no organismo, como a nitrosamina e o IGF, que é um fator similar à insulina, com propriedades estimuladoras do crescimento de células tumorais. A obesidade e o sedentarismo igualmente aumentam os riscos. Portanto, uma dieta saudável, rica em verduras, legumes, frutas, grãos e peixes, além da prática regular de atividades físicas e manutenção do peso ideal, seriam as principais medidas preventivas.
HEREDITARIEDADE E EXAMES
Estudos de grande porte demonstram que o câncer de próstata hereditário é responsável por até 57% dos casos e tendem a ser mais agressivos e a surgir em idade mais jovem (abaixo dos 50 anos). O risco de câncer de próstata é 4 vezes maior nos portadores de mutação no gene BRCA-1 e 9 vezes maior nos portadores de mutação do gene BRCA-2. As mutações destes genes aumentam também o risco de cânceres de mama (inclusive nos homens), ovário, pâncreas e pele (melanoma).
As técnicas mais modernas de sequenciamento genômico tem tornado estes exames cada vez mais precisos e acessíveis, inclusive com custos menores e a possibilidade de realização de painéis com múltiplos genes ao mesmo tempo. O exame é feito com material da saliva ou sangue. 

PREVENÇÃO 
O melhor modo de prevenir o aparecimento do câncer de próstata é realizar o exame de toque retal e PSA periodicamente de acordo com a orientação do médico. Além disso, manter uma alimentação saudável, não fumar e praticar atividades físicas contribui para a melhoria da saúde como um todo.
EXAMES E SEGURO SAÚDE
Os homens devem manter a consulta periódica ao seu proctologista. Informações sobre consultas, exames e planos de saúde podem ser obtidas junto aos especialistas da Solid Seguros, pelos tels.:3849-3140 ou 3046-3380, de segunda a sexta, das 8:30 às 17:30.
(Fonte: portalhospitaisbrasil)

(Fonte: portalhospitaisbrasil)
ACHADOS E PERDIDOS NO METRÔ DE SÃO PAULO
13 Nov

É um grande volume de itens perdidos mensalmente no Metrô de São Paulo: mais de 6,8 mil.

Desse total, 63% são documentos. Em média, nos últimos anos, o índice de recuperação é de 23%, informa Marcos Borges, coordenador de Atendimento e Serviços ao Usuário do Metrô. 
Segundo Borges, “as pessoas acabam não acreditando que existe uma consciência boa, que vá entregar um objeto achado para os funcionários”. E afirma que qualquer trabalhador, desde o setor de limpeza até a segurança, está treinado para agir. Mas, quem perdeu alguma coisa, não pode esperar muito para ir até a Central de Achados e Perdidos do Metrô. Os objetos ficam por dois meses disponíveis ali, até que são entregues ao Fundo Social de Solidariedade do Estado, que decide a destinação de cada material. 
DIVERSIDADE DE ACHADOS
Dentre o que foi encontrado pelo Metrô News, há muitos documentos, cartões, celulares, bilhetes de transporte, artigos de papelaria, artigos pessoais, próteses dentárias e ortopédicas, óculos, carteiras, mochilas, bolsas, guarda-chuvas e outras peças de vestuário.  “É importante destacar que os usuários podem confiar e devem nos procurar sempre que precisarem de ajuda, seja encontrando um item ou procurando por algo”, explicou o coordenador. Hoje o Metrô conta com 4,5 milhões de usuários por dia. 
CONSULTA INFORMATIZADA
A Central de Achados e Perdidos do Metrô funciona na Estação Sé. O local conta com um sistema informatizado, que permite a consulta de um item esquecido a partir de qualquer estação. 
É possível realizar a busca no posto central de Achados e Perdidos, de segunda à sexta, das 7h às 20 horas, exceto feriados.
Informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 4335-3232. Ou ainda pelo telefone 0800-7707722, todos os dias, das 5h30 às 23h30.
(Fonte: metronews.com.br)

COMO ALIMENTAR SEU CACHORRO CORRETAMENTE
09 Nov

É comum os cães comerem tudo que é colocado na frente deles. Isso é bem típico de algumas raças como Bulldog Inglês, Labrador, Beagle, etc. Não é incomum ver cães obesos hoje em dia, justamente porque as pessoas colocam comida à vontade no pote do cachorro, inclusive sempre vão colocando mais e mais. 
1. VERIFIQUE A QUANTIDADE
Sempre leia na embalagem da ração a quantidade diária correta de acordo com a idade e o peso do cachorro, e escolha sempre uma ração adequada à idade do cão (filhote, adulto ou idoso). Dê a quantidade que está escrita na embalagem e seu cachorro será saudável.
Verifique a quantidade total diária e divida essa quantidade pelo número de vezes que você irá alimentar o cão. Por exemplo, se for 2 vezes por dia, divida essa quantidade em 2. Não fique com pena, cães não são como os humanos que aliviam frustrações na comida. 
2. PERMITA QUE SEU CACHORRO COMA EM PAZ
Não dê comida pro seu cão em um horário ou local muito barulhento, com muito trânsito de pessoas e muita bagunça em volta. Seu cachorro não vai conseguir relaxar dessa forma, pode até comer rápido demais e não digerir bem a refeição. Faça com que as crianças e possíveis visitas da sua casa respeitem o espaço do cachorro enquanto ele estiver comendo.
3.  NÃO EXERCITE SEU CACHORRO LOGO DEPOIS DE COMER
Seu cachorro pode precisar fazer xixi e cocô logo depois de comer, mas espere pelo menos de 30 minutos a 1 hora, após sua refeição, para poder passear ou brincar com ele. Assim como as pessoas, os cães precisam de tempo pra digerir a comida apropriadamente evitando que ele tenha gazes, vômitos ou até uma congestão.
4. NÃO DÊ A SUA PRÓPRIA COMIDA AO CACHORRO
Os cães precisam de nutrientes diferentes dos seres humanos. Algo que pode parecer saudável e completo pra você, pode não ser pra ele. Os nutrientes que ele precisa podem ser encontrados em rações de qualidade ou em uma alimentação natural acompanhada por um nutricionista veterinário. Além disso, existem vários alimentos que são tóxicos pros cachorros. Além da questão da saúde, oferecer a sua comida enquanto você está comendo pode acarretar em um problema de comportamento no seu cachorro. Sabe aquele cachorro que fica no pé da mesa incomodando todos que estão comendo, pedindo comida? É porque alguma vez ele já recebeu. Não crie esse hábito no seu cão.
5. ESCOLHA O POTINHO FEITO COM O MATERIAL MAIS ADEQUADO
Invista em um potinho de qualidade e que tenham o tamanho e a profundidade adequados ao tipo físico do seu cão. Cachorros de focinho achatado devem comer e beber em potes mais rasos, enquanto cães de focinho comprido devem comer e beber em potes estreitos e fundos. O melhor material pro pote do cachorro é o inox e a cerâmica. Potes de plástico e alumínio são mais baratos, mas eles ficam arranhados com o tempo e acumulam bactérias, além de soltarem partículas que podem ser prejudiciais aos cães.
6. NÃO EXAGERE EM VITAMINAS E SUPLEMENTOS
Muitos donos de cachorros querem incrementar a ração com vitaminas e suplementos para melhorar a saúde, mas cuidado. Isso pode gerar vários efeitos colaterais e o cão pode até ficar doente. Fale sempre primeiro com o veterinário, que irá fazer exames de sangue e avaliar se um suplemento ou vitamina são indicados e a quantidade correta.
7. TROQUE A COMIDA GRADATIVAMENTE
Se o seu cachorro não se adaptar a uma determinada ração ou se ele enjoou da ração atual, pode ser que você queira dar uma nova ração pra ele. Os cães são sensíveis à troca de alimento e isso precisa ser feito gradativamente para que não haja uma diarreia e em consequência disso, uma desidratação.  
8. NÃO DÊ A COMIDA SE O CÃO ESTIVER ANSIOSO OU AGITADO DEMAIS
Essa ansiedade e agitação pode fazer com que ele coma rápido demais. Além disso, oferecer a comida enquanto o cão está muito agitado irá reforçar pra ele que se ele se agitar, ele ganha alguma coisa, fazendo com que ele seja cada vez mais um cão ansioso e agitado. Quando você começar a colocar a comida no pote e ele estiver muito ansioso, espere. Olhe pra ele, espere ele sentar e se acalmar. Faça o contato visual, peça um comando e dê a ração.
9. CUIDE DA SAÚDE BUCAL DO SEU PET
Faça escovações e limpezas de tártaro. Dentes mal-cuidados e gengivas inflamadas podem fazer com que o animal não consiga se alimentar direito.
10. FAÇA UM PLANO DE SAÚDE PRA ELE
Considere que, mesmo com uma dieta adequada, seu pet pode ter algum problema de saúde. Nesse momento é muito importante contar com consultas, exames e atendimento veterinário para atendê-lo. Consulte os especialistas da Solid Seguros para conhecer as várias opções de planos de Saúde Pet: 3849-3140 e3046-3380, de segunda a sexta, das 8:30 às 17:30.
(Fontes: tudosobrecachorros; revistameupet)

OS USADOS/SEMINOVOS EM ALTA EM OUTUBRO
08 Nov
Dados mais recentes divulgados pela Fenabrave, Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, com informações sobre a venda de carros usados em outubro apontam números interessantes: o décimo carro seminovo mais vendido do país, Chevrolet Classic, rendeu praticamente o mesmo número de assinaturas de cheque que o Onix, líder de carros zero km -- foram 18.199 unidades comercializadas do modelo mais antigo contra 18.322 registros do novo, que, vale dizer, "vendeu como nunca no mês passado". 
Volkswagen Gol - carro mais vendido do Brasil por 27 anos consecutivos e quinto lugar entre modelos zero km em 2017 (com 55.295 emplacamentos) -segue firme e de forma isolada na ponta no mercado de usados e seminovos. O balanço coloca novamente o hatch da Volks em primeiro lugar, somando 80.416 unidades. Vale lembrar que os usados consideram todas as gerações do modelo, do mesmo modo que para o Fiat Palio.
O volume do carro da VW no geral é expressivo, representando em um só mês mais de 45% das vendas totais do Gol zero. Porém, vale sempre levar em conta que a listagem mensal de usados pode incluir veículos que foram passados adiante em meses anteriores e trocaram de dono outra vez no mesmo ano. Além do Gol, apenas o Corolla figura nas duas listas. A Fiat, que até o fim de 2015 foi líder em vendas de carros novos no Brasil - perdendo o posto para a Chevrolet naquele ano - mantém seu vigor no segmento de usados com três representantes entre os dez primeiros colocados. Boa parte desse volume pertencem a três modelos descontinuados: Palio Fire, Siena Fire e Mille. A General Motors também tem três modelos na lista, todos já descontinuados, porém muito requisitados: Celta (foto), Corsa e o já citado Classic. Confira a lista completa abaixo. 
RANKING DE USADOS EM OUTUBRO/17
1. Volkswagen Gol: 80.416 unidades
2. Fiat Palio/Palio Fire: 50.313 unidades
3. Fiat Uno/Mille: 50.023 unidades
4. Chevrolet Celta: 29.362 unidades
5. Chevrolet Corsa: 24.004 unidades
6. Volkswagen Fox/CrossFox: 23.012 unidades
7. Ford Fiesta/Fiesta Rocam: 22.482 unidades
8. Fiat Siena/Grand Siena: 20.950 unidades
9. Toyota Corolla: 18.369 unidades
10. Chevrolet Corsa Sedan/Classic: 18.199 unidades
SERÁ QUE SEU SEGURO AUTO ATUAL ATENDE SUAS REAIS NECESSIDADES?
Tire suas dúvidas. Consulte os especialistas da Solid Seguros, pelos tels.: 3849-3140, 3046-3380, de segunda a sexta, das 8:30 às 17:30.
(Fontes: Fenabrave; carros.uol.br)